Como funcionam as mídias digitais e por que elas importam

tela de smartphone com cidade ao fundo

A publicidade não é a mesma sem a mídia digital. Mas, afinal, do que estamos falando?

-       Por Renato Camargo


 

Aqui no OKE Studio, trabalhamos com campanhas de mídia para diferentes clientes com diferentes objetivos. Sei que pode rolar uma confusão quando falamos em mídia paga, orgânica, própria etc. Por isso, acho pertinente dar um passo para trás e começar do começo.

O que é mídia digital?

 A mídia digital é toda a mídia veiculada através da internet, que pode ser paga, orgânica ou ganha. Dessa forma, a lista do que pode ser considerado mídia digital é grande. 

·       Posts nas redes sociais

·       Vídeos do YouTube – e as propagandas antes e durante esses vídeos

·       Conteúdos em blogs

·       E-mails marketing e newsletters;

·       Banners em sites

·       Push no smartphone.

Quando falamos em mídia paga, estamos falando das mídias que você compra por meio de plataformas como Google, Facebook e LinkedIn, ou ainda por meio de veículos ou redes de leilão de espaços publicitários, como as AdExchanges ou plataformas que fazem essa compra em múltiplas redes de forma otimizada, como as DSPs, as Demand Side Platforms.

As principais vantagens de cada mídia digital

Mídia paga: na mídia paga, as vantagens são a possibilidade de atingir um público maior do que o que já se relaciona com a sua marca, fazer segmentações para falar com pessoas com perfis demográficos e socioeconômicos específicos e controlar o tamanho da exposição da sua mensagem. 

Mídia orgânica: com a mídia orgânica ou mídia própria, trabalhamos com toda a mídia que é gerada por canais proprietários e cuja divulgação não é paga. O resultado das buscas do Google, os posts feitos nas redes sociais ou um push no seu aplicativo são exemplos de mídia orgânica. A maior vantagem é, claro, não pagar para espalhar a mensagem, visto que um conteúdo com bastante alcance, que não tenha sido pago, tende a gerar a percepção de qualidade e notoriedade.

Mídia ganha: já a Mídia Ganha - ou earned media – é a mídia pela qual você, além de não pagar pela veiculação, não está envolvido na sua produção. Seriam os links para o site feitos por outras plataformas ou serviços, conteúdo produzido nas redes sociais por clientes e outros usuários, press releases - ou seja, tudo que fala da empresa, seja negativo ou positivo, e que não foi produzido por ela.

 
 
VANTAGENS - Segmentação, diferentes formatos e flexibilidade de investimento: um especialista te ajuda a navegar pelas opções da mídia digital

VANTAGENS - Segmentação, diferentes formatos e flexibilidade de investimento: um especialista te ajuda a navegar pelas opções da mídia digital

 
 

Mas, afinal, por que eu devo investir em mídia digital?

No Brasil, o investimento em mídia digital cresceu 20% no último ano, enquanto o investimento nas mídias tradicionais teve retração de 4%, de acordo com o CENP (Conselho Executivo de Normas Padrão).

A mídia digital é mensurável e adaptável. Ou seja, você consegue saber exatamente quantas pessoas foram impactadas e como elas interagiram com a sua marca. Com isso, você pode fazer testes para atender os principais objetivos de comunicação e mudar a rota da campanha enquanto ela está rodando.

A mídia digital ainda oferece: 

·       Segmentação de público a partir de características demográficas, preferências de compra, histórico de navegação e outras variáveis; 

·       Ajuste de verba à sua realidade, o que permite investir um valor que encaixa no seu orçamento;

·       Formatos, plataformas e maneiras de anunciar extremamente diversas; 

Não podemos esquecer que toda essa agilidade e velocidade de compartilhamento pode trazer problemas quando não operada da forma correta. Afinal, tamanha força de reverberação também pode ser usada para propagar mensagens negativas sobre a sua marca.

Por isso, é fundamental saber se posicionar da maneira correta para evitar crises e prejuízos, além de manter o controle das suas campanhas e ações.

Dica de especialista 

Considerando o que vimos até aqui, a mídia digital se mostra primordial para as marcas que querem crescer se relacionando com seus consumidores de forma mais direta. 

Não deixe de explorar esse canal: pesquise, entenda o seu funcionamento e fale com um especialista para identificar a melhor forma de entrar no mundo digital ou de melhorar a sua presença nesse espaço.  

Isso pode definir o futuro do seu negócio.

 
 
OKE